Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Cristal Negro (por Caio Muller)

Imagem
As finas gotas de sereno caiam sob seu fúnebre rosto juvenil, como agulhas vorazes sob um odiado boneco de magia negra. O vento gemia fantasmagoricamente, impondo seu respeito por cada fresta de cada canto daquela casa empoeirada onde ele um dia já fora inigualavelmente feliz. 

   Ela... A moribunda que jazia ali pendurada por seus próprios laços, erguida por seus arrependimentos, acabara de desistir de sua última luta. Por fim, uma lágrima cristalina nasceu de seu olho direito, tão pura, escorreu cada centímetro de seu caminho natural até parar em seu queixo sereno. Agora a lagrima estava negra. 
    Surpreendentemente, no mesmo instante ele apareceu, saindo de sua velha casa com aquele velho sorriso cínico que ela tanto amava - mesmo sorriso que a fez se apaixonar milhares de vezes repetidamente - e andou até o jovem corpo pendurado na mesma árvore plantada no dia do seu nascimento. Então ele a tocou pela primeira vez. O jovem já não há muito tempo ali por culpa dela, e ela aca…

Meu complexo - Parte final

Querido diário,

Ontem (às 10 horas aproximadamente) cheguei da viagem...
Minhas férias terminaram tão cedo...24 horas pareceram poucas para um dia.
Ah,se alguém estiver com curiosidade: não consegui me declarar. É , eu sei que é chato , todos esperavam que acontecesse “o momento tão esperado”. Ehr,tenho uma explicação para isso!
Essas coisas são complicadas, e sem dizer que nem sempre dão certo. Mas tenho uma novidade: Bernardo e eu nos tornamos muito próximos, então, pode ser que aconteça! Não descarto essa possibilidade.

Hoje iremos ao colégio juntos. Estamos no mesmo grupo de um trabalho. Tive sorte porque dividimos o mesmo assunto. Ele é tão inteligente! Sinto-me como uma formiguinha na frente dele. Acho que o idealizei. Minhas amigas já sabem da minha paixão secreta, até porque preciso de ajuda e apoio. Tenho medo de falhar, e pra ser sincera, odeio perder. Não aceito perder uma partida de xadrez... Fico me remoendo até o oponente aceitar uma revanche. Quero que as coisas sej…