Um dia de verão


Naqueles dias quentes, costumávamos ficar à margem do rio,debaixo de uma árvore prazenteira,para nos refrescarmos. Eram tardes de sábado bem aproveitas,diga-se de passagem. 

Jasmim,sentada na raiz da árvore pergunta:
- Em que está pensando, Beatriz?
- Apenas divagando... 
Seria um tanto embaraçoso falar o que Jasmim sabia a respeito do silêncio de Beatriz. Sendo assim,a irmã deixou passar. 

João, o irmão mais jovem, brincava na margem.

- Boa tarde,senhoritas - diz um rapaz,tirando o chapéu. 
- Boa tarde - Beatriz o cumprimenta,curvando e erguendo um pouco a borda do vestido. 
Jasmin apenas sorri e consente com o cabeça,preguiçosa demais para sair do tronco-raiz.

Quando menos se espera, o casal está andando pela beirada do rio. Jasmim apenas observa.Ri da irmã.Ela não ouve porque está longe. Não era permitido às senhoritas Milton se encontrarem com alguém do sexo oposto desacompanhadas. Os pequenos foram empurrados pela irmã mais velha àquele encontro. A pequena Jasmin mal entendia por causa da idade mas, pelo amor que tinha pela irmã,decidiu acompanhá-la. Para despistar qualquer suspeita,levaram o pequeno. Pode não parecer porém,numa época de pensamento retrógrados,o casamento era uma peça a ser mexida no tabuleiro da vida. Deveria ser conveniente no sentido de provisão familiar

O rapaz trajava uma roupa um tanto suja. Também pudera, tinha acabado de sair do trabalho na fábrica. Pré-industrialização e suas mudanças paulatinas sendo operadas naqueles jovens.Ambos de mundos distintos. Ali repousava a beleza do amor cujo arranjo desconhecemos. 

---
Imagem: "Summer's Day",by Robert Walker Macbeth

A Ringo (clique aqui) nunca vai me perdoar pela história que criei baseada no quadro que ela indicou,certeza! >.<. Mas,acredite,foi de coração! Aliás,vocês também pode me desafiar (clique aqui): deixe a sua sugestão de imagem nos comentários (coloque link,e o nome do autor).

Comentários

  1. Eu achei super fofo o conto, como lei muitos livros "de época" posso dizer que vejo bastante esta diferença sendo ressaltada neles, até entendo que queiram dar aos filhos uma vida boa, fácil, mas força-los ao casamento é, muitas vezes, transformá-los em seres infelizes...

    http://minha-ociosidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por aí,Samyle. Obrigada pelas suas visitas constantes! :)

      Excluir
  2. e está, está sempre longe porque ainda nem sequer veio ao meu encontro.

    "Ali repousava a beleza do amor cujo arranjo desconhecemos." isto é tão tão puro.

    ResponderExcluir
  3. Que fofo, ainda bem que não estamos naquele tempo de casamento arranjado podemos escolher quem quisermos, mas acho que por isso os casamentos não duram tanto.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ai que conto mais lindo!
    Esse quadro também, um luxo.
    Gostei bastante.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  5. lindo esse conto....

    conectadas2.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei o novo layout, ainda não tinha visto :D
    Estou aprendendo a fazer textos tbm, do gênero crônica. Tenho uma pergunta, os seus textos são crônicas né?
    São muito bons ;D
    bjbj
    http://vitrine-maria.blogspot.com.br/2012/10/o-amor-platonico-de-raires-por-luan.html

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. São contos,sim. Essa é a proposta do blog.Apenas ficção. Crônicas eu posto aqui >>>> b l o g
      Vou já dar uma olhada no link que passou =3

      Excluir
  8. Cara, seu conto virou inspiração, sério!

    @littlepistols
    http://mustachesandcats.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Adorei, realmente um grande dom conseguir escrever assim, um mega desafio!

    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  10. Adorei *-* ótimo o texto!
    wolftheideia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ah, para! Ficou legal a história! Eu gosto bastante dessas histórias de épocas passadas, justamente para saber sobre os costumes.

    @wendyelmb
    http://tecido-doce.blogspot.com/
    http://cerejadeneve.com/

    ResponderExcluir
  12. Eu gostei do conto, ficou super legal e eu imaginei os personagens se mexendo no quadro. :) Adorei.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. Obga Emille pela visita ao meu blog o/

    Lindo esse conto.
    A imagem me fez relembrar o tempo em que eu ficava por muito tempo em baixo de uma árvore, por onde passava um rio perto da minha casa...
    Lindo!!

    Seguindo.
    Bjs e volte sempre ^3^!

    inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comment! Seguindo de volta! Espero que o seu blog cresça bastante! ^__^

      Excluir
  14. Lindo conto, adoro tudo o que tenha a ver com verão! E amei a imagem tb :) beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  15. Ah, acho tal legal essa sua ideia de fazer historias por quadros. É um grande desafio e imagino que não seja nem um pouco fácil. Parabéns por isso, por escrever em desafio de seus leitores. Quem sabe uma próxima eu te mando um quadro também? ;)

    ResponderExcluir
  16. Nossa, o conto ficou super fofo.
    Super interessante essa idéia de transformar quadro em histórias.

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  17. acho o máximo essa ideia de misturar literatura com imagem feita. e adoro histórias curtas, criadas com início meio e fim.

    beijoca

    ResponderExcluir
  18. Nossa, sensacional a sua ideia de fazer um texto baseado em um quadro. É MUITO criativo! Você poderia fazer do quatro RETIRANTES, de cândido portinari ^^

    Bjos e boa segunda!

    http://sugar-dance.org

    ResponderExcluir
  19. E o seu texto ficou sensacional... é tão REVOLUÇÃO INDUSTRIAL GFKJHGFJK

    ResponderExcluir
  20. Essa imagem deve ter sido dificil ein! Mas ainda sim você fez um conto muito proveitoso e inspirador, Parabéns!

    ResponderExcluir
  21. bonito seu texto amore
    uma realidade o que se passa
    hoje em dia só se ouve "nao vou falar com ele pq ele não é sarado" "ele nao tem dinheiro pra me levar a tal lugar" " ele nao é popular"
    era pra ser "veja o quanto ele tem carater" mas as pessoas estao mudando demais e hoje em dia ser futil é ser bonito e louvável e o amor que deveria ser a raiz de todas as coisas foi totalmente banalizado

    radiopires.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. aaaah Suzi *-*
    faz mais contos assim, que lindo! adorei, e você está cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  23. Oie Emilie =D

    Primeiro quero de parabenizar pelas escolhas das imagens de seus posts. Elas sempre casam tão bem com que vamos ler *-*

    Acho que esse é o primeiro conto mais "fofo" que leio aqui no seu blog, e preciso dizer que adorei!

    O fato de vc ter colocado ele em um conto histórico tão antigo foi uma ideia brilhante!

    Parabéns!

    bjus;****

    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  24. Awwn que doçura! Fiquei encantada com esse conto, me senti nessa época com vestido longo! Um dos melhores conto que já li aqui, acho que pelo fato deu curtir tudo o que fale de antigamente. rs

    ResponderExcluir
  25. Ah, que fooofo esse texto, amei ;D

    Você ganhou uma semana de divulgação por ter acertado a pergunta do desafio do dia. Parabéns!

    Flor, aceita afiliação?

    MeninaMulher

    ResponderExcluir
  26. Emilie adorei o texto, adoro quando escreve contextualizando com a figura, muito bom :* beijinhos

    ResponderExcluir
  27. O tempo passa e as pessoas geram as mudanças! Gostei. Um beijo.

    ResponderExcluir
  28. Eu vejo como um amor abstrato, mas verdadeiro.

    Gosti
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Emile, fui lendo o conto e até parecia que podia ver a imagem do post se "mexendo" conforme você vai descrevendo, serio! Adoro e admiro esse seu talento para transformar historias simples e pequenas em algo encantando.

    Desculpe-me pela demora e ausência de vir aqui. Sabe como é ne? Ultimo bimestre, ferias chegando, quem sabe ate o final do mundo? HAHAHA

    http://rascunhosdasuuka.com

    ResponderExcluir
  30. rsrsr Sim o post é uma piada, referindo que " a caixa" é um banco, e pelo nome coloquei a imagem de uma caixa, em fim eu tentei ser engraçada kkkkk.

    Isso é tão romântico, o amor proibido e inocente, gosto como você descreve isso me encanta e me leva até a história, como se eu estivesse nela ^^ Beijos

    meninasapeca-ms.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Muito bonita essa imagem, mas realmente não imaginei que fosse seguir pelo caminho que seguiu no desafio. De qualquer forma, gostei do conto. Leve e bem escrito. Ele acabou me levando além do ponto final, e fiquei pensando no triste fim que provavelmente teria a história destes dois amantes.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Adoro contos e romances que se passam nessas épocas! É incrível e assustador como as relações inter-pessoais eram tão intensas mesmo com um contato superficial, restrito por uma etiqueta extremamente rígida e conservadora. A magia de falar com olhar, de ser chamada para valsar, do modo de bater o leque dos amores impossibilitados pelas diferenças de classe social. Romantismo ao extremo! Adorei!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  33. É muito bom descobrir que de link em link e retribuindo comentários a gente descobre tanta gente, tanta vida!
    Fico muito feliz com o seu feedback sempre aqui ;D
    E se agora já tiver seu quarto e quiser entrar para o seleto grupo no próximo ano, saiba que pelo Correio a felicidade vai invadir sua vida :)

    Beijo, beijo!

    ResponderExcluir
  34. Adoro Contos *0*
    -Gêdificador-

    ResponderExcluir
  35. Ah,Posso te desafiar a um conto pela imagem,não é?

    Link da Ilustração e Portfólio do autor: http://andreakalfas.tumblr.com/post/25648964563

    Ansiosa ^^

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Área interpretação livre: Faça comentários pertinentes ao texto. O que custa ler e opinar? Estou aceitando todas as teorias possíveis e interpretações mirabolantes (contanto que sejam sobre o conto).
Sem comentários superficiais, ok?: Se vier com um "adorei o texto", "interessante" (ou mesmo, se expressar de forma sucinta e sem significado) seu comentário não será aceito. E, nunca mais visitarei o seu blog. u.u
Prefira usar "Nome/Url" ao preencher a box de comments. Fica fácil na hora de retribuir.
Os comentários serão respondidos nesse post. Para ser avisado da resposta, selecione "Notifique-me", logo abaixo da caixa de comentários.

Postagens mais visitadas deste blog

Dois gatos

Teste de Coragem

Teto de verniz