O trem da meia-noite

        
        "Pegou as passagens?" "Não,deixei em casa". Ela o encara com um olhar reprovador. "Brincadeira"."O trem!". Eles sobem. Andreza tinha apenas um arrependimento: ter saído às pressas,sem dizer adeus aos pais. Verdade seja dita, não eram mais crianças.

         "O motorista deve ter errado por um caminho diferente",foi o que pensou ao notar que a vista, lá fora, se transformara do verde das árvores num caminho de flores, erva-gatos? Thiago entregou as passagens. Subiu o olhar para cumprimentar o homem. Mas, ele era um gato. Andreza levanta, dá uma olhada em volta, e percebe. Todos são gatos.

         "Sejam bem-vindos.Essa é uma viagem sem retorno. Espero que tenham se despedido de seus amigos". O gato se curva, e saí. Thiago e Andreza,muito impressionados,não falam uma palavra. Ele segura as mãos da namorada, e os olhos de Andreza se enchem de lágrimas. Estava grávida de três meses. Escondera. Seus pais não aceitariam.

             Thiago pousa os olhos sob o passageiro que se senta a sua frente. Um gato marrom, usando terno e chapéu. O passageiro sorri. E ele nem sabia que gatos poderiam esboçar um sorriso. "Isso não precisa ser triste. Olhe para as suas mãos",diz o gato. Havia algo de mágico naquele trem, e uma vez dentro, não poderiam sair. Humanos eram proibidos, a princípio. Mas, por um rasgo dimensional, o trem atracara na cidade de Londres,em 1960.

             O casal olhou para as mãos.Peludas feito patas de gatos.

P.S.: Estrou muito enferrujada. Então,sejam bonzinhos nos comentários,tá bem? ;)
P.S.2: Foi inspirado em 1. O reino dos gatos: Mangá (aqui). Filme: legenda (aqui), vídeo (aqui aqui). 2. Viagem Noturna do Trem da Via Láctea Livro (aqui). Filme (aqui, com legenda em espanhol e inglês)

Comentários

  1. Que conto lindo! E olha só, é baseado em um mangá! :D Qualquer dia desses vou ler, rs ^^
    Gostei particularmente desse final. Tão lindo!

    ResponderExcluir
  2. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH *SURTO*


    Me leva junto, please. ;^;

    ps: adoro esse mangá

    ResponderExcluir
  3. Comecei lendo o post pensando que a historinha seria de um jeito e acabou sendo de outra maneira. Surpreendeu!

    ResponderExcluir
  4. Aaah que fofo *-----* vai ter continuaçao ? vo querer leeer *.*

    ResponderExcluir
  5. Olá Emilie. Muito bom, adorei este conto! *-* Não pare de escrever e obrigada pela visita ao meu blog! ;) 2Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei isso, muito bom!


    Obrigada pela visita, volte sempre <3
    http://agoratopronta.blogspot.com/
    Beijos Vanessa

    ResponderExcluir
  7. Que conto lindo!!!!
    foi você quem perguntou se podia fazer o layout daqui??? o.O

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Emilie na hora que comecei a ler percebi que tinha inspiração no "O reino dos gatos" só que mais adulto rsrs
    Escreve mais, eu gostei só fiquei com vontade de ler mais e mais
    bjosss

    ResponderExcluir
  9. Lindo conto!
    Acho tão interessante quem cria contos;
    a imaginação é sempre mais aguçada...
    Parabéns, Emilie.

    ResponderExcluir
  10. Adorei a história; texto impressionante.
    Amei, querida! Beijos :))

    http://vintageiz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. nossa me tocou essa história, simplesmente quando vi o titulo do texto eu sentii que ia gostar e pelo que vi estava certo fico ótimo

    Garoto Nerd

    ResponderExcluir
  12. sabe que, sempre pensei que, onibus, trens, etc.. sempre dariam ótimas histórias. acontece de tudo nesses lugares.
    seus contos são ótimos e sempre tocantes.

    ResponderExcluir
  13. Que dez! Achei bem diferente, e muito interessante, nossa me surpreendeu! Seus contos são tão magicos e ecantadores Emilie! Parabéns! O final com eles com as patas e pelos, foi bem legal!

    Bjs

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  14. "Isso não precisa ser triste". Tem muita gente precisando ouvir isso de coração, querida. Muito bonito seu conto!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Gostei da história ,você escreve muito bem.

    http://fashiondreams4ever.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. caracas: essa é a viagem!

    ResponderExcluir
  17. Não achei nada ruim, muito bom por sinal, meio estranho, mas gostei da estória *O* No final, os dois são gatos D:

    Beijos ><
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  18. Oi Emilie!
    Nossa, não conhecia um conto em mangá envolvendo gatos. Que interessante!
    Bom de fato pra fazer a Luxúria tem que ter um corpo bom...e em todo caso se puder usar um corset de vinil como umas cosplayers usavam, melhor! Eu já me deparei na web com cosplayers da personagem feitos por pessoas que NÃO tinham o corpo para fazer isso...o resultado foi lamentável. Tava mais pro Gula do que pra Luxúria hashashahs.
    bjs

    ResponderExcluir
  19. Adoro gatos meowww <3 e adoro suas historias, você escreve de uma forma bem diferente, lunática

    @littlepistols
    http://portifoliodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Nossa, que legal, interessante essa história envolvendo gatos. rs www.spiderwebs.tk

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito disso!

    Obrigada pela visita, volte sempre <3
    http://agoratopronta.blogspot.com/
    Beijos Vanessa

    ResponderExcluir
  22. O final foi a melhor parte. Não imaginava mesmo o que iria acontecer.

    Beijo

    ResponderExcluir
  23. AAAAAAAAH,
    entendo bem como é, riaria
    Muito obrigado por ter passado no blog viu amor, estou seguindo se poder fazer o mesmo, aliais se nãao tiver seguido ainda né
    queridofotodiario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Que fofo *-* Muito diferente, quer dizer, eram todos gatos. Amei *-*
    Você escreve muito bem, já falei isso? kk,
    beijos.
    http://the-mandie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Amei o conto *-* Lindo mesmo! Beijos, www.thingsofadreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Seria bom se todos os humanos entrassem num trem onde não é permitido seres racionais. Assim muitas emoções seriam filtradas. Beijo.

    http://sabrinanunees.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. gostei muito deste pedacinho!
    sou pássaro livre, sempre serei :)

    ResponderExcluir
  28. Ficou bem legal o texto
    gosto de gatos mas bem longe de mim haha não ia nesse trem não.

    Minha prima que gosta dessas coisas de mangá, eu não sou muito chegada.

    beijos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  29. Onde que eu compro uma passagem pra esse trem? UASHUAUHSAHSHUA Adorei. Queria ter essa inspiração que você tem. Não tá nada enferrujada.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  30. Adorei esse conto,ficou lindo!
    wolftheideia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Tem tudo pra você fazer uma continuação. Se decidir fazer, me avisa! :D
    Nunca tinha ouvido falar nesse mangá. Aliás, faz tanto tempo que eu não leio mangás...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  32. Adorei o conto. Vai ter continuação né? Dei uma olhada no blog e percebi que você escreve super bem. Gostei bastante daqui!
    Beijão :B

    ResponderExcluir
  33. Sabia que tinha a ver com o Reino dos Gatos...
    Não consegui ver o filme todo, mas achei muito legal a história... AMO GATOS *O*

    ResponderExcluir
  34. Caaaara, me remeteu à Alice! Muito! A imagem dos gatos em minha mente foi bizarra, pois o texto me permitiu visualizar bem o que eu quisesse. Clareza. Ótimo!

    ResponderExcluir
  35. ADOREEEEEEEEEEEEEEEEEI *-* . Muito incrível, gente! *-* Vai ter continuação? Por favor, diz que sim, diz que sim, diz que siiiiim! *-*

    ResponderExcluir
  36. Que legal o conto, o final foi surpreendente.
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir
  37. Ah, eu adorei o conto, está algo mais fofinho e eu gosto de coisas fofinhas *--*

    Bjin*

    http://florescerepalavrear.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  38. Todo mundo virando gato? Curioso, no mínimo.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  39. Que lindo! Mágico mesmo. Criei tudo na minha mente, até aquele sorrisinho sutil característico de gatos.

    Adorei <3!

    Enferrujada nada, dona Emilie.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Área interpretação livre: Faça comentários pertinentes ao texto. O que custa ler e opinar? Estou aceitando todas as teorias possíveis e interpretações mirabolantes (contanto que sejam sobre o conto).
Sem comentários superficiais, ok?: Se vier com um "adorei o texto", "interessante" (ou mesmo, se expressar de forma sucinta e sem significado) seu comentário não será aceito. E, nunca mais visitarei o seu blog. u.u
Prefira usar "Nome/Url" ao preencher a box de comments. Fica fácil na hora de retribuir.
Os comentários serão respondidos nesse post. Para ser avisado da resposta, selecione "Notifique-me", logo abaixo da caixa de comentários.

Postagens mais visitadas deste blog

Teste de Coragem

Dois gatos

Teto de verniz